Historinhas do dia-a-dia

Todos os dias por aqui são favoráveis para os gêmeos soltarem pequenas pérolas. Também são favoráveis para me jogar na cara o quanto a maternidade é um eterno exercício de cuspir pra cima e cair na testa, pagar a língua e todas as outras expressões similares que você conhece.

Vou anotá-las aqui, nesta categoria “Historinhas do dia-a-dia“. Assim um dia eles vão poder se deliciar com estas pequenas lembranças. Espero que vocês se deliciem também!

———————————————————————–

Historinha 1

No carro, ouvíamos as musiquinhas da “Arca de Noé”. De repente Thomas ficou prestando atenção na faixa “As Abelhas”…

♪♫♪ Num zune-que-zune lá vão pro jardim / Brincar com a cravina / Valsar com o jasmim / Da rosa pro cravo / Do cravo pra rosa / Da rosa pro favo / e de volta pra rosa ♪♫♪

O grande porém é que a vovó dele chama-se Rosa (minha mãe). Ele já achou estranho as abelhas voarem para a Rosa, mas ficou bravo e me perguntou quem era o Flávio.

“Que Flavio, Tom?” “Esse daí, da música… a abelha voa da Rosa para o Flávio!”

É Flávio não, meu filho. É FAVO… FAVO DE MEL…

“Ah mamãe… ah bom!”

Devia estar com ciúmes da vovó!

———————————————————————–

Pagando a língua 1

Uma coisa que eu detesto: gente que fica “catando” coisas no prato de comida, separando, escolhendo…

Uma coisa que a Sofia faz: fica catando coisas no prato e separando a cebola “no cantinho”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s